Cibersegurança: 7 motivos para investir no Endpoint Protector

Com diferentes opções disponíveis, das mais especializadas às muito complexas, as organizações podem se esforçar para escolher a solução de DLP certa para atender às suas necessidades. 

Embora todas as ferramentas DLP sejam construídas para proteger os dados na empresa, cada uma tem sua própria abordagem, pontos fortes e pontos de foco. Escolher a solução errada não vem apenas com a sua parcela de frustrações, mas também pode ser um erro caro que pode atrasar consideravelmente os esforços de conformidade.

Hoje, estamos analisando os principais motivos pelos quais o Endpoint Protector é um excelente começo para qualquer estratégia de DLP e cibersegurança bem-sucedida.

7 motivos para investir no Endpoint Protector e iniciar sua estratégia de cibersegurança

1 – Proteção de dados começando no terminal

As empresas costumam escolher soluções de DLP de rede como as mais fáceis de implementar e as que têm menos probabilidade de impactar o desempenho dos computadores e a produtividade dos funcionários. 

Isso, no entanto, deixa as empresas vulneráveis ​​à perda de dados: embora os dados possam ser protegidos quando um endpoint está na rede da empresa, no momento em que o computador sai dela, ele não está mais protegido.

O Endpoint Protector, por ser implantado no nível do endpoint, protege os dados onde quer que o computador vá. Seja um funcionário viajando a negócios ou trabalhando remotamente, as políticas de proteção de dados permanecem em vigor, fornecendo o mesmo nível de segurança da rede da empresa. 

As opções de controle de dispositivos, que restringem como os funcionários copiam informações em dispositivos portáteis, permanecem ativas, mesmo quando offline.

O DLP no nível do terminal também fornece visibilidade de dados essenciais para a conformidade. Embora as ferramentas de rede DLP sejam eficazes para bloquear a transferência de informações confidenciais fora da rede da empresa, elas não verificam quais dados estão armazenados nos computadores dos funcionários. 

Isso é problemático quando se trata de conformidade com regulamentos como o GDPR, que concede aos titulares de dados da UE o direito de retirar o consentimento para o processamento de dados e solicitar a exclusão dos dados coletados sobre eles. É aqui que o Endpoint Protector se torna útil: ele pode pesquisar dados no nível do endpoint e excluí-los, ou criptografá-los, onde forem encontrados.

2. Instalado e funcionando em 30 minutos ou menos

Um dos maiores temores quando se trata da implementação de DLP é o tempo que isso levará. Geralmente, acredita-se que leva meses, especialmente quando se trata de DLP de endpoint que precisa ser implantado em todos os computadores da rede de uma empresa,  não poderia estar mais longe da verdade. 

O Endpoint Protector está instalado e funcionando em 30 minutos ou menos. Quer as empresas estejam usando serviços em nuvem, ferramentas de virtualização ou que prefiram a abordagem de hardware de perspectivas passadas, a implementação do Endpoint Protector é um processo tranquilo e sem complicações.

3 –  Uma solução verdadeiramente multiplataforma

Hoje em dia, muitas empresas estão executando redes com vários sistemas operacionais. Embora o Windows ainda reine supremo, os departamentos de TI e os desenvolvedores costumam confiar no Linux, e o macOS há muito é o queridinho dos departamentos de design e marketing em todo o mundo. 

A crescente popularidade das políticas “Traga seu próprio dispositivo (BYOD)” e de “Propriedade corporativa pessoalmente habilitada (COPE)” também diversificou os sistemas operacionais nas redes da empresa.

Isso pode causar problemas na escolha de soluções DLP: muitos se concentram no Windows e os poucos que prometem compatibilidade com o MacOS ou Linux geralmente falham em entregar. O Endpoint Protector é a única solução DLP no mercado a oferecer paridade de recursos para Windows, macOS e Linux. 

A razão para isso é simples: enquanto outros produtos começaram a funcionar em outro sistema operacional quando os sistemas operacionais começaram a ganhar força na empresa, o Endpoint Protector foi uma solução multiplataforma desde o início.

4 – Uma solução DLP que coloca as necessidades dos clientes em primeiro lugar

Embora a inovação e a evolução do mercado muitas vezes impulsionam o crescimento de um produto, o Endpoint Protector é baseado em outro princípio: feedback do cliente. Muitas das melhorias e novos recursos de nossos produtos são uma consequência direta das sessões de feedback com os clientes. 

Valorizamos os insights que os clientes fornecem como usuários diretos do Endpoint Protector. Isso nos ajuda a identificar funcionalidades adicionais que podem ser úteis não só para aqueles que nos forneceram o feedback, mas para todos os nossos clientes atuais e futuros.

5 – Uma solução para empresas de todos os tamanhos

Muitas soluções de DLP costumam ser muito complexas para atender às necessidades de pequenas e médias empresas. O Endpoint Protector, com sua abordagem modular para DLP, permite que as organizações combinem, e combinem as ferramentas certas para atender às suas necessidades específicas. 

Devido à sua flexibilidade e escalabilidade, o Endpoint Protector é um produto que pode se adaptar ao crescimento de uma empresa. De startups trabalhando com cinco endpoints a grandes empresas executando milhares, o Endpoint Protector pode atender a todas as suas necessidades de cibersegurança.

6 – Interface amigável e fácil de usar

A interface moderna e intuitiva do Endpoint Protector é fácil de navegar e entender, mesmo para pessoas não especializadas. As políticas podem ser definidas e ativadas com apenas alguns cliques e relatórios baixados no local. 

Construído com a facilidade de uso em mente, ele oferece uma curva de aprendizado curta e economiza tempo e dinheiro das empresas no treinamento de pessoal e na transição para um ambiente seguro.

 

7 – Uma solução premiada

Desde 2011, quando seu desenvolvedor, CoSoSys, foi nomeado uma das empresas de tecnologia de crescimento mais rápido na Europa Central na classificação FAST 50 da Deloitte Technology, o Endpoint Protector cresceu e se tornou um nome familiar confiável do mercado de Prevenção de Perda de Dados.

Foi reconhecido pelo Gartner no Quadrante Mágico da Gartner de 2017 para Prevenção de Perda de Dados Corporativos e pelo Radicati Group no Quadrante de Mercado de Prevenção de Perda de Dados Corporativos de 2017. 

O Endpoint Protector também é quatro vezes vencedor do Prêmio de Excelência em Segurança Cibernética para DLP e recebeu o Cyber Prêmio Hot Company Data Loss Prevention InfoSec da Defense Magazine em 2019.

Escolher a melhor solução de cibersegurança para a sua empresa pode parecer um processo complicado, mas não precisa ser. 

Quer você seja uma startup montando sua primeira estratégia de proteção de dados ou uma grande empresa lidando com necessidades complexas de conformidade, o Endpoint Protector está aqui para oferecer uma variedade de ferramentas eficientes e flexíveis em um pacote fácil de usar. 

FCBrasil é distribuidora oficial do Endpoint Protector

A FCBrasil é distribuidora oficial do  Endpoint Protector – Software DLP contra violação de dados. Entre em contato conosco hoje mesmo para falar com um de nossos especialistas e agendar uma demonstração.

Gostou deste conteúdo? Leia mais artigos sobre cibersegurança em nosso blog.